“Ditadura, Comunicação, Literatura e Justiça de Transição”, um tema, um livro, uma conversa com Eduardo Reina

“O Brasil teve bebês sequestrados por agente da ditadura? Havia maternidades clandestinas, como nos países vizinhos, durante os anos de chumbo? Houve algum caso de bebê roubado de mães que lutaram contra a ditadura e entregue a empresários que financiaram o regime de exceção? São perguntas ainda sem respostas na história do Brasil. E nenhum governo civil após os chamados anos de chumbo ousou determinar uma investigação sobre esses temas. Trata-se de uma questão ainda não resolvida da ditadura brasileira e na memória do país. Por que o Brasil não investigou esse tema?” Pois esse é o assunto da pesquisa do jornalista Eduardo Reina que resultou no livro “Depois da Rua Tutóia” (Depois da Rua Tutoia”, do jornalista Eduardo Reina, envolve personagens reais e de ficção para falar desse momento histórico e sua consequência na vida das pessoas até hoje) e promete outras obras. O debate girou em torno do tema e foi além, chegando aos nossos turbulentos dias. Conversa oportuna e necessária. Uma classe de alunos de jornalismo da UMESP esteve presente e não arredou pé, questionando e debatendo o tema com o autor. A programação cultural de abril do Alpharrabio foi, assim, encerrada por um momento bastante significativo.

04   Reina03

04   Reina01

04   Reina06

04   Reina07

fotos: Luzia Maninha

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Lau Siqueira na Livraria Alpharrabio

E foi numa noite bonita, prestigiada por poetas e admiradores, que o poeta Lau Siqueira, vindo lá de João Pessoa, na Paraíba, onde reside e trabalha, aportou na Livraria Alpharrabio para uma memorável Conversa de Livraria. A poesia na roda, claro, e o novo livro de poemas de Lau, “A memória é uma espécie de cravo ferrando a estranheza das coisas”. Todos (quase) ali conheciam o poeta há décadas (cartas, livros, aerogramas, telefonemas…), mas esta era a primeira vez que abraçavam Lau de forma presencial. Momento epifânico de troca fraterna a dizer que, sim, a poesia (re)une e dá respostas. Por trás dela há seres humanos que se abraçam. E isso pode ser um fator de guerrilha. O brinde final selou futuras conversas com muita poesia na roda. Viva!

Lau01

Lau02

Lau03

Lau04

Lau05

Lau06

Lau07

Lau10

Fotos: Luzia Maninha

Posted in Sem categoria | Leave a comment

A literatura perdida do Grande ABC por José de Souza Martins

“A literatura perdida da região do Grande ABC”, foi o tema da palestra do Prof. José de Souza Martins e, uma vez mais, o público presente à sala de múltiplo uso da livraria Alpharrabio, foi brindado com uma prosa agradável e recheada de boas informações.
A seguir, o Professor Martins, destacado sociólogo brasileiro, apresentou a nova edição do seu livro “Moleque de Fábrica – Uma Arqueologia da Memória Social, Memórias”. Durante o brinde, houve autógrafos e abraços.

04   JSMartins00

04   JSMartins01

04   JSMartins02

04   JSMartins03

04   JSMartins05

04   JSMartins06

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Sábados PerVersos de abril: Sór Mariana e As três marias – Século XVII e Século XX, uma leitura crítica

A coordenação deste encontro do mês de abril, esteve a cargo das poetas Dalila Teles Veras e Deise Assumpção e deu seguimento à abordagem “Mulheres – Poesia, Claustro e Erotismo – Amor Humano / Amor Divino – Séculos XII, XVI e XVII, revistos em Novas Cartas Portuguesas, 1971” abordagem feita por Dalila no encontro do mês anterior.

Sór Mariana Alcoforado e as Três Marias (Maria Tereza Horta, Maria Velho da Costa, Maria Isabel Barreno) nas suas Novas Cartas Portuguesas. A poesia de um mulher que viveu (e amou) no claustro, no Século XVII, e a nova poesia das novas cartas portuguesas, de três mulheres em liberdade (mas ainda assim punidas) às vésperas do 25 de Abril, pleno Século XX. Poesia de Mulheres, portuguesas, lidas à luz do seu respectivo tempo e sob o crivo estético da arte da poesia.

Mais um momento único, de leitura e reflexão. (dtv)

04   SPeversos 03 2

04   SPeversos 04 2

04   SPeversos 08 2

04   SPeversos 09 2

fotos: Luzia Maninha

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Ação Popular em Mauá – o livro e uma conversa com a Prof. Sandra Portuense Carvalho

Porque o momento brasileiro é novamente convulso, tanto quanto aqueles 20 anos de escuridão, a Livraria Alpharrabio promoveu uma Conversa de Livraria com a Profª Sandra Portuense Carvalho sobre a pesquisa que resultou no seu livro Ação Popular em Mauá – resistência e Solidariedade em Tempos de Ditadura. Através das memórias de militantes e simpatizantes, bem como, por meio de uma leitura a contrapelo de documentos produzidos pelos órgãos oficiais, a autora tece a história da Ação Popular (AP), especificamente da Célula Base – 22 sob a liderança Hebert José de Souza. Debate e reflexão. (dtv)

APopular01

APopular03

APopular04

APopular05

APopular06

APopular07

APopular14

APopular15

APopular16

APopular17

registros fotográficos: Luzia Maninha

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Belchior, a biografia, uma conversa com Jotabê e um tributo

“BELCHIOR apenas um rapaz latino-americano” é o título da biografia escrita pelo jornalista Jotabê Medeiros. Foi em torno desse livro e da música do biografado que um belo encontro se deu na Livraria Alpharrabio. O pocket Show dos meninos do grupo Freud à Deriva, banda composta pelos músicos René de França, Zé Terra e Marcelo Mazzucatto, que recriou o repertório do disco clássico de Belchior “Alucinação”, de 1976, apresentando-o praticamente na íntegra. E o povo que abarrotou o auditório do Alpha, cantou junto e se emocionou, assim como emocionados todos ficaram ao ouvir o relato apaixonado da trajetória da pesquisa de Jotabê Medeiros que resultou no livro, obra que, infelizmente, o biografado não chegou a ler.
Agradecemos ao Robson Timoteo pela fraterna mediação com o autor e os músicos, bem como a todos que colaboram para que aquela, fosse uma noite (mais uma) para lembrar. (dtv)

JBE01

JBE02

JBE03

JBE04

JBE05

JBE06

JBE07

JBE08

JBE09

JBE10

JBE11

JBE12

JBE14

JBE17

JBE19

JBE20

JBE24

JBE25

JBE28

o registro fotográfico, como sempre, é de Luzia Maninha

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Sábados PerVersos, março 2018 – Mulheres, poesia, claustro e erotismo

E um novo milagre laico se deu! Mais um Sábados PerVersos – a poesia em questão, projeto que a cada mês reafirma o acerto da proposta que vai se consolidando.
A coordenação deste primeiro encontro de 2018 ficou a cargo de Dalila Teles Veras que levou para discussão, informações (e poemas para leitura crítica) sobre sua pesquisa “MULHERES – POESIA, CLAUSTRO E EROTISMO AMOR HUMANO / AMOR DIVINO – Séculos XII, XVI e XVII revistos em Novas Cartas Portuguesas, 1971″.
“Sábados PerVersos – A Poesia em Questão”, projeto de leitura crítica de poesia entrou no seu quarto ano. Os encontros mensais ocorrem ininterruptamente desde novembro de 2014, contando sempre com um grupo interessado e interessante de pessoas que leram, discutiram, promoveram, escreveram e publicaram poesia. É, sem dúvida, um dos projetos mais instigantes e exitosos da Livraria Alpharrabio nos últimos anos.

03SPversos1801

03SPversos1802

03SPversos1803

03SPversos1805

03SPversos1806

03SPversos1807

03SPversos1808

03SPversos1809

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Alpharrabio 26 anos – a celebração

Para uma casa que, desde o primeiro momento, há 26 anos, se propõe ao encontro, às trocas intelectuais, fraternas e artísticas, a festa deste ano utilizou esta justificativa para o brinde e o abraço. E foram muitos os abraços. E foram muitas as trocas. E ficou, uma vez mais, consolidada a resistência do caminhar contra a corrente dos gigantismos destes tempos. O Alpharrabio celebra e segue pequeno, independente, dono de seus caminhos. Agradecimentos a todos os que vieram e celebraram. (dtv)

Alpha26Anos001

Alpha26Anos002

Alpha26Anos003

Alpha26Anos004

Alpha26Anos005

Alpha26Anos007

Alpha26Anos006

Alpha26Anos008

Alpha26Anos009

Alpha26Anos010

Alpha26Anos011

Alpha26Anos012

Alpha26Anos013

Alpha26Anos014

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Primeiras Luzes: entrecantos, poemas, de Luzia Machado Noronha, novo título Alpharrabio Edições

A programação Alpharrabio iniciou 2018 com poesia, muita poesia, poesia de alta voltagem. “Primeiras Luzes: entrecantos”, de Luzia Machado Noronha é o novo título do catálogo Alpharrabio Edições.
A refinada poética da professora/poeta Luzia, já integra o Catálogo da Alpharrabio Edições, desde 2007, quando publicamos o seu “Tessitura”.
Foi numa bela data, 02.02, início do mês em que a sua casa editorial completava 26 anos de existência. Os amigos, ex-alunos, poetas e familiares foram chegando, muitos, e deu-se, mais uma vez, o “milagre laico” do entrelaçamento através da palavra, da arte da poesia de Luzia.
o registro fotográfico, como sempre é da outra Luzia (a Maninha).

Luzia01

Luzia03

Luzia04

Luzia05

Luzia06

Luzia07

Luzia08

Luzia09

Luzia10

Luzia11

Luzia12

Luzia13

Luzia14

Luzia15

Luzia16

Luzia18

Posted in Sem categoria | Leave a comment

Apresentação do livro “As cem mais” de Luiz Patriota

No dia 15.12.17, a Livraria Alpharrabio promoveu a apresentação do livro “As Cem Mais”, poesia, de Luiz Patriota
A poesia de LP transita por vários temas como amor, injustiça social e esperança num mundo em constante mutação, com destaque para a situação política do país, desde os últimos suspiros da ditadura até escândalos recentes como o mensalão. Desde 2015, sua poesia tem se voltado para a preocupação social e viaja em tópicos como refugiados, intolerância, escola sem partido, atentados e outros.

Luiz Henrique Gomes Patriota nasceu em Santo André há 52 anos, começou a escrever poesia em 1983, É servidor público municipal deste 1989. Sua poesia nasceu num momento delicado por que passava sua família, tendo sido incentivado por professores e amigos escritores que conheceu durante a Semana Cultural realizada na E. E. Amaral Wagner, que contou com a participação de toda escola.

Patriota1

Patriota2

Patriota4

Patriota3 1

Posted in Sem categoria | Leave a comment